quarta-feira, 17 de julho de 2013

Resenha no blog Limão & Alecrim



Resenha: Com o Amor de uma Fada ~ de Lya Galavote


Recebi essa semana o livro Com o Amor de uma Fada, da escritora parceira do blog Eliane {Lya} Galavote, fofíssima! Super atenciosa comigo, fez uma dedicação igualmente fofa. E veio muito bem embaladinho {psicótica aqui}.

"O que está acontecendo comigo?", pensou ao aproximar-se dele. Sentia uma atração irresistível por Pedro e aquilo a consumia a cada minuto. Não esperava que isso pudesse acontecer com ela em sua primeira missão, afinal, em todos os anos de sua existência não conhecia nenhum caso semelhante de uma fada se apaixonar por um mortal. Seria possível?
Em sua primeira missão como fada, Esthela precisa ajudar Pedro, um garoto problemático que está prestes a se perder no mundo sombrio das drogas. Para isso, ela deixa Avalon e parte para morar no mundo mortal, com uma suposta tia, D. Ana, diretora da escola onde será o início de tudo.
Mas, durante sua missão, percebe que nem tudo será assim tão fácil quanto achou que poderia ser. O mundo mortal é uma tremenda bagunça e Pedro está mais perdido do que imaginava.
Esthela, a todo o momento, se pergunta: como uma fada é capaz de se apaixonar? Ela começa a ter sentimentos muito semelhantes aos dos humanos, com ciúme, raiva e até mesmo inveja.
Segredos, mistérios e surpresas envolvem este romance em que uma escolha será a chave entre viver um grande amor ou continuar a ser uma fada.
Será que Esthela conseguirá decidir pela melhor escolha?



Título: Com o Amor de uma Fada {skoob, compre!}
Escritora: Eliane Galavote {facebook, e-mail}
Editora: All Print {site}
Ano: 2012

O livro conta a história de Esthela uma jovem fada de 17 anos {considerando que os dias em Avalon passam mais rápido, ela nascera á 50 anos}, e está ansiosa para a sua primeira missão no mundo mortal, e aliviada por ir junto com sua amiga Anne, apesar de não ficarem na mesma cidade. Orientada pela fada rainha, Esthela embarca nessa aventura que irá mudar sua vida, vai ciente de tudo que irá fazer: salvar Pedro Henrique, um garoto problemático, mais bondoso no fundo, que está enveredando pelos caminhos das drogas, por conta de más influências Esthela se aloja na casa de sua "tia", D. Ana, diretora do colégio de Pedro. Logo logo, os dois se aproximam, e Esthela encanta Pedro com seus cabelos ruivos. Assim como {mesmo que Esthela ache impossível} se encanta pelo estilo roqueiro e largado de Pedro.



O livro é muito bem construído! Tive a impressão de que a Lya sabia exatamente o que escrever quando foi construindo o livro, a narrativa é impressionante! Na minha opinião: impressionista, ou até mesmo futurista. Mais achei que o livro é pequenininho demais gente! Tem que ter continuação, né Lya? Já criei em minha mente várias possíveis continuações, haha. Outra coisa interessantíssima no livro são os personagens, cada um tem o seu estilo, achei muito realista a Lya separar tanto assim os estilos, afinal: não é o que vemos no dia-a-dia? A Esthela é a típica fada fofa, bondosa e talentosa, parece bem óbvio eu falar assim, certo? Errado!
Cada personagem parece muito clichê mais são totalmente especiais, descritos de uma maneira encantadora pela Eliane.
E o Pedro? O bad boy romântico que acaba fazendo você se apaixonar sempre! Adorei ele, hihi. Minha mais nova paixão literária! {suspiros}
A Íris mesmo que apareça pouco me lembrou muito a Ariane de Fallen {resenha aqui!}, é aquela personagem hilário que te faz gostar muito da história, e olha que nem todos os livros YA contém esse personagem que na minha opinião é essencial!
Mais o legal e impressionante nesse livro é que a escritora conseguiu juntar dois personagens hilários! SIM!
Já deu para perceber por que entrou para minha lista dos favoritos no skoob?
A Marina foi uma das minhas personagens favoritas, roqueira e hilária, aliás: achei muito legal a escritora colocar "roqueiros" no livro, normalmente são pessoas chatas e revoltadas {literariamente falando}, mais a escritora falou desse assunto um pouco diferente, adorei! {p/ quem não sabe sou metida á roqueira, mais ao mesmo tempo adoro coisas vintage}.
Outra personagem muito realista e cada vez mais presente nos dias de hoje é a Lívia, coloridíssima, fã de Restart, apaixonada e infelizmente não correspondida, ah! É outra coisa que eu quero continuação Lya: O Murilo e a Lívia! Belíssimo casal.
A paty/chata/irritante/invejosa/piriguete Beatriz é também cada vez mais presente nos dias de hoje, haha. Sério: a cada dia existem mais pessoas á espreita, cheias de inveja, e te desejando coisas más, eu ein! Xô!
Ah, o Bruno: muito digno de sua parte Lya abrir no seu livro esse assunto cada vez mais presente: a homofobia, um sério problema, e acredito que foi um ato muito corajoso e livre da Lya de falar e deixar falar {de algum modo} as pessoas que passam por isso, e também por que não levantar a alto estima dos homossexuais? Achei legal mesmo!
Dona Ana foi muito bem construída também, assim como a fada rainha, ali á todo momento dizendo internamente: Ei! Vocês são crianças ainda e precisam de nós!
O Paulão foi o melhor vilão escrito que já li, em toda a minha vida literária!
Essa coisa de: "pensava que era meu amigo" é muito comum hoje em dia, eu mesma sofri com isso, mais acho que todo mundo sabe quem é verdadeiro ou não {creio que vocês são: Ju e Katy!}
Deu p/ perceber como tem tantos personagens diferentes e interessantes nesse livro? Apesar de só conter 158 páginas #mimimi é um livro que contém muita informação, quase uma leitura primária, mais acho que vareia aí, é feito para todo mundo!
Os quesitos físicos são perfeitos! A capa é lindíssima e bem discreta, as folhas são brancas mais a diagramação/fonte/espaçamento são tão maravilhosamente perfeitos que você nem sente! E aliás: adorei o efeito dele na minha estante, a lateral é completamente preta e em branco e na fonte Georgia escrito está o título e o nome da escritora, aliás: parabéns pela escritora que és Lya! Estou louquinha pela sua narrativa e a forma que sabe construir tão bem os diálogos, me surpreendeu total, virei fã de Com o Amor de uma Fada. Adorei que nossos apelidos são praticamente iguais!



E adivinha minha nova obsessão: Fadas! Estive pesquisando e achei super fofo uma casinha que constroem para elas, o que vocês acham? Mostro tudinho aqui!
E você, acredita em fadas?

ps. não vou colocar quotes pois o livro é pequeno e já acabei falando demais, e tenho que parar aqui, já! Haha.

Não esqueçam de conferir o livro e as outras obras da escritora, ok? E continue vendo minhas andanças no skoob aqui!

Obrigada pelo carinho de sempre, e não esqueçam de curtir a fãpage do blog aqui!